terça-feira, 16 de agosto de 2016

Pará registra mais de 800 focos de queimadas em uma semana

Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) apontam que entre 8 a 15 de agosto deste ano o Pará obteve 809 focos de queimadas distribuídos em 82 municípios paraenses. As informações foram divulgadas pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) nesta terça-feira (16).
 
Foto: Reprodução TV Liberal
Segundo o INPE, na maior parte do estado houve ocorrências de focos de queimadas, destacando as regiões Sudeste e Sudoeste, sendo classificadas como risco de incêndio florestal de alto a crítico. Neste período, os municípios que obtiveram maiores registros de focos de queimadas foram: Altamira (140 focos), São Félix do Xingu (124 focos), Novo Progresso (103 focos) e Jacareacanga (70 focos).


De acordo com o INPE, queimadas provocadas em florestas é considerado um crime ambiental. Conforme consta no artigo 50 do Decreto Federal 6.514/2008 incorre em infração destruir ou danificar florestas ou qualquer tipo de vegetação nativa ou de espécies plantadas sem autorização ou licença da autoridade ambiental competente, resultando em multas a partir de R$ 5.000,00 por hectare.

G1/PA

Nenhum comentário:

Postar um comentário