quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Edvaldo Alves: Policia prende mandantes do crime

O crime aconteceu no dia 29 de novembro do ano passado, na subesquina da travessa São José com a 23ª rua. Foram seis disparos e pelo menos, quatro deles, atingiram Advaldo Alves de Sousa, que ainda chegou a ser socorrido por uma equipe do corpo de bombeiros, mas não resistiu e morreu no hospital. A partir dos detalhes coletados no local e junto a testemunhas, a polícia montou uma operação estratégica e chegou a dois homens suspeitos de terem encomendado o crime.

Antonio Essuane Jarrus, conhecido por “Carim”, e Francisco Ferreira dos santos, o “Ferrerinha”. Carim teria contratado os matadores, mas na contratação  do crime, teria havido um desencontro de informações e, ao que tudo indica, e o delegado confirma, Edvaldo foi morto por engano.

Ao serem presos, os acusados não esboçaram resistência, mas argumentaram que não têm nenhum envolvimento com o assassinato, Por quase dois meses, a família amargou a angústia da perda de Edvaldo, que era conhecido por sua conduta exemplar. Em silêncio, os irmãos acompanharam o desenrolar das investigações.


Pelo entendimento da justiça, Carim e Ferreirinha deverão passar trinta dias encarcerados, aguardando pela conclusão das investigações, que ainda prosseguem, já que ainda não foram localizados os executores do assassinato. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário