quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Altamira-PA: Mulher é queimada viva e filha é suspeita

Foto: Vitima (Mulher queimada viva)
Nesta terça-feira (10) em Altamira, oeste paraense, um crime macabro aconteceu na região de baixões na Rua 4, conhecido como Tufi. Os bombeiros foram acionados para um ocorrência de incêndio por volta das 23h e ao chegar ao local, viram que uma mulher, Mirian de Souza, 38 anos, estava com o corpo 95% queimado após uma confusão com a filha dentro da residência que foi posta em chamas pela menina, os moradores na tentativa de jogar água terminaram provocando rachaduras na pela da vítima e o corpo ficou deformado. 
A mulher se quer conseguia gritar por não ter mais o controle dos músculos, o filho desesperado gritava por socorro e fez até respiração boca-a-boca para que a mãe voltasse a respirar e ele teve sucesso na tentativa, ela foi colocada em uma maca e levada pelos bombeiros para o Hospital Regional da Transamazônica, a roupa que a vítima estava queimou toda no corpo. A polícia militar esteve no Tufi em várias incursões, e prendeu a filha que foi recolhida na delegacia de polícia civil e o flagrante foi lavrado.

O relato do filho que socorreu a mãe é chocante. “Na hora que eu entre eu vi ela no cantinho da casa, ela estava pegando fogo ainda, chamei todo mundo de perto de casa e jogamos água nela, ai ela não estava respirando eu fiz respiração boca-a-boca e chorando ao mesmo tempo, ela começou a respirar, o povo lá chamou os bombeiros e ela foi levada pro hospital” Disse o filho. A polícia militar de Altamira acredita que o caso seja mesmo apenas a confusão em família, segundo o Sgtº Marinho, a filha de Mirian estava embriagada no momento no crime. “A filha dela chegou bagunçando na casa, a mãe tentou reprimir a exaltação da filha, as duas brigaram e a menina jogou álcool, colocou fogo na casa e na mãe, depois trancou a porta, o filho dela e os vizinhos foram quem tiraram a Mirian de dentro da casa” Detalhou o Sgtº Marinho.

COMO O CRIME OCORREU: Uma confusão entre mãe e filha começou por conta das desobediência da menina, Mirian de Souza (mãe) teria dado um tapa no rosto filha para contê-la, a menina então pegou uma garrafa de álcool jogou na casa e no corpo da vítima, a palafita de madeira incêndio rapidamente e a mãe não conseguiu sair a tempo pois a filha trancou a porta. O filho de Mirian não estava em casa, ao chegar correndo entrou na casa arrancando tabuas por baixo da residência até conseguir apagar o fogo e tirar a mãe de dentro da casa.

HISTÓRICO DA FAMÍLIA: Mirian de Souza, a filha e o marido de uma das filhas de Mirian tem envolvimento com drogas, a discussão começou exatamente sobre esse assunto, na localidade os moradores apontam a Mirian e a filha como usuárias de crack.


Fonte: Radio Reguional FM. 
Informações: As informações são do jornalista Felype Adams de Altamira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário