quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Homem que usava blog para divulgar crimes é preso suspeito de matar PM



Um homem que, segundo a polícia, mantinha um blog na internet para divulgar os crimes que cometia foi preso dentro do apartamento onde mora nesta quinta-feira (31), suspeito de matar o soldado da Polícia Militar (PM), Carlos Alberto Saldanha, no distrito de Icoaraci, em Belém, no mês de junho deste ano. A Divisão de Homicídios da Polícia Civil já investigava o suspeito e um segundo criminoso, que continua foragido. Eles são apontados pela PC como autores do roubo que causou a morte do PM.


"Carlos Alberto Saldanha era lotado no batalhão de Icoaraci. Ele foi fazer um saque por volta das 22h30 do dia 30 de junho, e quando ele parou em frente ao posto de gasolina, foi atacado pelos dois bandidos e, na pretensão de levar a moto dele, [os ladrões] acabaram por matá-lo", afirmou o delegado da Divisão de Homicídios da Polícia Civil, Gilvandro Furtado.

O suspeito foi preso na manhã desta quinta no apartamento onde reside, no residencial Sevilha, na Augusto Montenegro. "Ele tem mais um parceiro. Gostaria de pedir a colaboração da população, que as pessoas tendo informações, ligue para 181, para ajudar a Polícia Civil a capturar esse elemento, que é da mais alta periculosidade. É assaltante, traficante, e tem prisão decretada pela Justiça também", acrescentou Furtado.

Após prender o suspeito, a polícia divulgou fotos que teriam sido postadas em um blog pessoal da dupla, onde imagens mostravam um dos homens com dinheiro roubado. "A ousadia e o cinismo desses criminosos é tão grande que eles possuem um blog na internet onde eles mostram o produto dos crimes as façanhas que eles fazem, com bebida, com mulheres, imaginando que jamais serão alcançados pela justiça. Esse blog só comprova a malandragem dele, a criminalidade que ele vive envolvido", disse o delegado da Divisão de Homicídios.

"Com as provas que a polícia dispõe que serão encaminhadas para o poder judiciário, com certeza eles serão condenados", conclui Furtado. O suspeito foi encaminhado para o Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe) e aguardam decisão da Justiça.

Entenda o caso
O soldado da Polícia Militar (PM), Carlos Alberto Saldanha, 35 anos, foi morto em junho deste ano no distrito de Icoaraci, na região metropolitana de Belém. Segundo a polícia, a vítima tinha medo da violência e pretendia deixar a corporação em breve.

A polícia afirma que o PM foi morto em um posto de gasolina. Ele estava estacionado em uma moto, esperando um amigo que havia entrado na loja de conveniência para fazer um saque em um caixa eletrônico. Foi quando dois homens armados teriam anunciado o assalto. O PM reagiu e acabou sendo baleado.

Carlos Alberto Saldanha trabalhava há 9 anos como policial militar, havia concluído no primeiro semestre o curso de Licenciatura em Biologia pelo Instituto Federal de Educação e Tecnologia (IFPA) e, segundo a família, tinha planos de sair em breve da corporação.
(Natália Mello Do G1 PA)


Nenhum comentário:

Postar um comentário