terça-feira, 18 de junho de 2013

Vereador é vítima de atentado ao chegar ao prédio da Câmara, no PA


Deivite Galvão foi alvejado por tiros em frente à Câmara de Ananindeua.

"Gordo do Aurá" foi levado para Hospital Metropolitano nesta terça-feira, 18.




Conhecido como "Gordo do Aurá", o vereador
Deivite Galvão foi eleito em 2012 pelo DEM.(Foto: Divulgação/CMA)

O vereador Deivite Wener Araújo Galvão foi alvo de um atentado por volta de 9h30 desta terça-feira (18), quando chegava ao prédio da Câmara de Vereadores de Ananindeua, município localizado na região metropolitana de Belém.
De acordo com o investigador de Polícia Civil Pedro Barros, o político filiado ao DEM teria sido abordado por um homem em uma moto, que teria disparado vários tiros contra a vítima.
Segundo a assessoria da Câmara, um taxista que estava próximo à sede da Câmara, localizada na rua Zacarias de Assunção, 134, Centro, prestou socorro ao vereador, e o levou para o Hospital Metropolitano, no município.
A presidente da Câmara de Vereadores do município, a vereadora Francy Teixeira, seguiu até o hospital para prestar assistência ao vereador.


A assessoria de comunicação do Hospital Metropolitano informou que Deivite Galvão deu entrada no hospital e logo foi submetido a exames preliminares. Ele teria sido alvejado com seis tiros. No momento, o político passa por um cirurgia, que pode durar até quatro horas. Não há informação sobre o estado de saúde do vereador.

 Vereador foi eleito pelo DEM para uma vaga na Câmara Municipal de Ananindeua com 1.848 votos na eleição de 2012. (Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Ananindeua)


Equipes policiais estão percorrendo as ruas do município para tentar localizar o autor da tentativa de homicídio. O caso foi registrado na 14ª Seccional Urbana de Ananindeua.
Antecedentes
De acordo a Polícia Civil, o vereador responde por dois crimes: em 2006, foi apontado como  suspeito de homicídio, e em 2011 foi preso por tráfico de drogas e associação ao tráfico, no distrito de Mosqueiro.
Deivite Wener Araújo Galvão é mais conhecido entre a comunidade de Ananindeua como "Gordo do Aurá". Na última eleição, o paraense, que possui o ensino fundamental incompleto, foi eleito vereador pela Câmara Municipal de Ananindeua, com o total 1.848 votos.
O político é filiado ao DEM e concorreu ao pleito pela coligação "Ananindeua Levada a Sério" (DEM / PSDC / PMN). Nos programas de TV da sua coligação, ele afirmava ser um candidato "ficha limpa", tendo apoio do então candidato Manoel Pioneiro (PSDB), que se elegeu prefeito de Ananindeua.
Fonte:G1-PA

Nenhum comentário:

Postar um comentário