domingo, 23 de junho de 2013

Jacareacanga: biólogos estão na base da Funai

Em sessão realizada ontem (22) à noite na Câmara municipal, os vereadores e algumas lideranças indígenas repudiaram a ação de sequestro de três biólogos na comunidade de Mamãe Anã, que não é uma comunidade indígena. Os reféns foram levados ontem para Jacareacanga e depois foram conduzidos para a aldeia polo de Sai-Cinza distante vinte e cinco quilômetro da cidade. Conforme o repórter Nonato Silva, os reféns  retornaram a Jacareacanga nesta tarde e se encontram na base da Funai aguardando as negociações para serem liberados.

O governo federal enviou sete assessores da Secretaria-Geral da Presidência da República, da Fundação Nacional do Índio (Finai) e do Ministério da Justiça (MJ) para dialogar com índios munduruku.


Segundo a Secretaria-Geral, o objetivo imediato do governo federal é a libertar os três reféns e estabelecer o diálogo. Os assessores já estão seguindo para Jacareacanga, e aguardam a abertura das conversas com os índios, que também exigem a presença do Ministério Público nas negociações. A primeira reivindicação que chegou ao governo foi para que os estudos sejam interrompidos e que haja uma consulta à comunidade.





Nenhum comentário:

Postar um comentário