domingo, 23 de junho de 2013

Índios Munduruku libertam reféns em Jacareacanga

Três pesquisadores que eram mantidos reféns em Jacareacanga no Pará por índios mundurukus foram libertados na noite deste domingo (23). A informação foi divulgada por volta das 21h pelos representantes da comissão enviada no sábado pelo governo federal para negociar com as lideranças indígenas.

Os biólogos foram soltos em troca da suspensão dos estudos de impacto ambiental para a instalação de duas hidrelétricas na região. Os índios da tribo mundurukus mantinham presos os três pesquisadores desde sexta-feira.


Djalma Nóbrega, Luiz Peixoto e José Guimarães, que trabalham para a empresa Concremat, foram sequestrados na noite de sexta-feira por índios no Médio Tapajós, onde estão sendo feitos estudos para a instalação das usinas hidrelétricas São Luís do Tapajós e Jatobá.

Sob argumento de que os profissionais, sem autorização, estariam trabalhando em terra indígena, os mundurukus mantiveram os três presos em uma praça no centro da cidade de Jacareacanga, naquela região. Eles foram levados para o local com as mãos amarradas. Guerreiros da tribo estiveram no local para evitar que os profissionais fugissem.
Fonte: O Globo



Nenhum comentário:

Postar um comentário