quinta-feira, 9 de maio de 2013

Menor e mais sete são resgatados por trabalho escravo


Um grupo de oito pessoas foi resgatado de uma fazenda localizada no assentamento PDF Brasília, em Castelo dos Sonhos, no sudeste paraense. Eles foram encontrados por policiais da Força Nacional, que já atuam na região a algum tempo. O proprietário da fazenda, mantinha oito pessoas em situação de trabalho escravo, entre eles um adolescente de 17 anos.


Segundo o delegado Caio Melo Rocha Lobo, da Delegacia de Novo Progresso, ao todo 15 pessoas haviam sido recrutadas para trabalhar no local inicialmente. Dessas, 11 permaneceram, mas três já não estavam no local. Um por ter ficado doente e outros dois que conseguiram fugir. 'Os dois que escaparam avisaram à polícia sobre a situação dos demais. Foi então que a Força Nacional foi até a fazenda e os resgatou de lá', informou o delegado em entrevista por telefone ao Portal ORM.

Ainda de acordo com o policial, além de paraenses, viviam no local pessoas vindas do Maranhão, todas iludidas com promessa de emprego. 'Eles informaram que nunca receberam nada pelo trabalho que faziam, principalmente construindo casas. Que viviam em um local com condições precárias e que inclusive, precisam utilizar o rio para fazer suas necessidades fisiológicas', complementou o delegado.

O proprietário do local, o fazendeiro Aparício Gonçalves Neto, está preso na Delegacia de Novo Progresso.
Heloá Canali (Portal ORM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário