quinta-feira, 9 de maio de 2013

Jacareacanga volta a ter racionamento de energia elétrica e funcionário da Celpa é arrogante com consumidor


Moradores da cidade de Jacareacanga voltam a passar por crise de energia elétrica. É que um dos grupos geradores de energia deu pane e a geração de eletricidade da usina termoelétrica não está sendo suficiente para atender a demanda de consumo local.


Além de amargarem a falta de energia firme fornecida pela Celpa, os consumidores de Jacareacanga também têm que conviver com a falta de preparo e arrogância de um funcionário conhecido como Hiltomar.


O funcionário Hiltomar quando vai realizar corte de energia em domicílios com atraso, usa de prepotência e de falta de preparo para dialogar com o consumidor. Fato recente aconteceu neste dia 07/06 numa residência que estava com a fatura vencida em 21/03 no valor de R$ 53,66. No ato do corte, a moradora estava com computador e aparelhagem de som ligados e pediu ao funcionário da Celpa um tempo enquanto ela desligava os aparelhos.

“Antes que eu desligasse os aparelhos esse funcionário desligou o fio da rede de energia, usando de total desrespeito com minha pessoa”, disse a moradora.
Ainda segundo a moradora o funcionário da Celpa disse que estava fazendo o serviço dele. De acordo com informações do Chefe do escritório da Celpa em Jacareacanga, há muitas reclamações pela falta de postura de Hiltomar.

“A Celpa hoje, com uma nova administração, busca resgatar a qualidade da prestação de serviços no Estado do Pará, mas, infelizmente funcionário como este, desgasta  e macula a imagem da empresa”, disse o esposo da moradora. “Não reclamo pelo corte é o direito da prestadora suspender os serviços na ausência de pagamento, reclamo sim, pela incoerência, despreparo e arrogância deste funcionário”, complementa. Meia hora depois, a fatura foi paga e solicitada a religação.
Texto e Fotos
Nonato Silva JCR

Nenhum comentário:

Postar um comentário