quarta-feira, 22 de maio de 2013

Familiares de mãe e filha assassinadas em Moraes Almeida pedem justiça


Familiares de Osmarina Alves Silva e de Chintia Maria Silva fizeram na tarde de hoje um protesto na seccional de polícia pedindo justiça pela morte das mesmas. O crime foi cometido por Adevir Regelin conhecido por Catarino do Arroz em Moraes Almeida. Em sua residência, Catarino assassinou a esposa Chintia de 20 anos e a sogra Osmarina com tiros de espingarda calibre 12.
Os familiares revoltados trouxeram os corpos pediram justiça. Catarino está foragido.







Nenhum comentário:

Postar um comentário