terça-feira, 2 de abril de 2013

Presa quadrilha de assaltantes que vinha causando pânico no comércio

Bandidos que faziam parte da quadrilha

A primeira vítima foi o proprietário do Comercial Santo Anastácio, na 29ª rua do bairro Piracanã. Em seguida a quadrilha que agia de forma bem articulada assaltou o supermercado Itafrigo no Km 05. Como num desafio à policia, o bando em plena luz do dia por volta das 12 horas, assaltou na 4ª rua o Supermercado Milhomem e por último antes de serem presos, os ladrões assaltaram o Comercial Goiás e Econômico.
Quadrilha de alta periculosidade




  
Keely nega fazer parte da quadrilha. Ela é de Medicilâncida



Em todos os cinco estabelecimentos comerciais os bandidos agiram no mesmo estilo, com abordagem rápida, bem armados, usando capacetes como disfarces. Após render funcionários e demais pessoas presentes, recolhiam rapidamente o dinheiro e saiam em disparada em suas motocicletas tomando rumo ignorado, o que dificultava as buscas.

Policial retirando as algemas de Seborréia
 Em todos os assaltos os assaltantes não precisaram disparar nenhum tiro, até porque ninguém esboçou qualquer tipo de reação. Em alguns desses supermercados os assaltantes ficaram expostos as filmagens do circuito interno das câmeras. De poder das fitas, o serviço de inteligência da Policia militar passou a investigar minuciosamente a ação dos bandidos. Somando os cinco assaltos embora oficialmente não tenha sido divulgado com exatidão o montante roubado a policia estima que chegue aos cinqüenta mil reais.
Drogas, Armas, dinheiro e celulares apreendidos pelo Tático

Com a ousadia e a quantidade de assaltos, os comerciantes em Itaituba estavam em verdadeiro estado de pânico já que poderiam ser as próximas vitimas dos bandidos. A quadrilha composta por seis marginais, incluindo entre eles uma mulher, foi desbaratada na tarde de terça feira dia 02, quando foram presos em uma casa na estrada do Bis que estava alugada e pertence ao empresário Zulu (Big Bel). Foram presos pelo Comando Tático, Indinho, Jeovane Souza Costa ”Piroka” e Bruno Quadro Neves, vulgo seborréia, esses dois sendo últimos remanescentes de sete elementos que empreenderam fuga da cadeia pública e que foram acusadores da polêmica entre o vereador Isaac Dias e o Capitão Pedro.

O delegado José Bezerra disse que independente dos assaltos a maioria deles já estavam, sendo procurados pela policia e que após o auto de reconhecimento e depoimentos prestados por eles, todos serão enquadrados na forma da lei.


Pelo fato de terem sido presos num mesmo local onde foi encontrado dinheiro, armas, celulares e drogas eles serão indiciados por formação de quadrilha, porte ilegal de armas e tráfico. Em companhia dos bandidos também foi presa em flagrante, Márcia Kelly Teixeira, 31 anos, residente em Medicilândia. Kelly que foi identificada como companheira de Indinho, em depoimento ao escrivão Haroldo disse que é vendedora de confecções e que não sabia que os elementos presos em sua casa eram bandidos.


Ela vem sendo acusada de ser a responsável pelo depósito do dinheiro dos assaltos, mas nega e diz que estava no Bradesco verificando seu saldo. Sobre a moto adquirida recentemente por oito mil reais, Kelly admitiu ser dona, mas que teria comprado com cheques de vendas de suas roupas. Kelly segundo a policia na hora da abordagem  por ocasião do flagrante escondeu dentro da calcinha a importância de quinhentos reais que foi levada para a 19ª seccional com um revolver calibre 38, drogas e celulares.


Apesar dos bandidos serem de alta periculosidade o comando tático preparou uma ação surpresa que não permitiu qualquer probabilidade de reação nem fuga dos bandidos. Apenas Piroca tentou fugir pelos fundos da casa, mas foi alvejado comum tiro na perna, sendo encaminhado a 19ª seccional após ser atendido no Hospital Municipal.
 (Texto e fotos: Nazareno Santos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário