sexta-feira, 5 de abril de 2013

Morcegos hematófagos: Semsa e Adepará realizam ação preventiva no interior



Morcego hematófogo (Foto: Semsa)

Em função de denúncias de moradores sobre ataques de morcegos hematófagos no garimpo Chapéu do Sol, uma equipe de zoonoses composta pelos agentes, Ângelo Nascimento Neto, Elton Ribeiro e Hilário de Sousa foi até a localidade juntamente com técnicos da Adepará e um técnico em Vigilância Epidemiológica onde foi realizado um bloqueio de vacina animal e humano, além da captura de morcegos hematófagos.


Primeiro a equipe se deslocou para a comunidade Vila Tapajós (conhecida como Mangabal) onde efetuaram vacinas em trinta e cinco cães e um gato. Posteriormente, foi à localidade do Chapéu do Sol onde foram vacinados doze cães e quatro gatos. A equipe confirmou o ataque em cinco cães por morcegos hematófagos.
Foto: Semsa

A equipe visitou também as comunidades de Palmital e São Vicente realizando o mesmo procedimento, sendo que em São Vicente, os técnicos capturaram dois morcegos hematófagos. Outras comunidades receberam as mesmas ações, como por exemplo, Sítio São Tomé, Praia Chique, Boca do Ramal, Sapucaia, Patos, Jatobá, Apuí, Tavares Machado, canção, Vira-Sebo e Uxizal.

Após a vacinação foram armadas redes de neblina para capturar hematófagos em três localidades: Sítio São Tomé onde foram capturados quatro morcegos sendo três frugívoros e um hematófago; Palmital não foi capturado nenhum animal. Em São Vicente dois hematófagos foram capturados, sendo que um foi liberado após aplicação de pomada vampiricida e outro foi enviado para exames em Belém. Como resultado da ação, a equipe de zoonoses realizou um bloqueio vacinal de cento e vinte animais, sendo cento e cinco cães e quinze gatos.
(Ascom-PMI)



Nenhum comentário:

Postar um comentário