quinta-feira, 11 de abril de 2013

Hospital Regional do Tapajós: abertura de licitação já tem data marcada

Eng Sergio Henrique (SEOP) e Horenice Cabral  Sec. Mun. Saúde - Foto: Gilson Vasconcelos

Quinta-feira (11), o engenheiro da Secretaria Estadual de Obras Públicas do Estado do Pará (SEOP) Sergio Henrique esteve em Itaituba fazendo uma visita técnica no terreno onde será construída a base física do Hospital Regional do Tapajós (HRT). A visita constou com as presenças da secretária municipal de saúde, Horenice Cabral e representantes das empresas construtoras. Sergio Henrique disse que a obra está orçada em 114 milhões e que a abertura das licitações está agendada 23 de abril no auditório da SEOP em Belém.

Projeto HRT Foto: Ilustração
A necessidade de construção do Hospital Regional do Tapajós foi uma das deliberações da reunião extraordinária do Conselho Estadual de Saúde, realizada em março no município de Itaituba. Preocupados com o aumento da demanda de serviços públicos para a região, por conta da construção de hidrelétricas do Complexo do Tapajós, em estudo pelo governo Federal, representantes de entidades locais aprovaram a necessidade não só da construção do hospital regional, que vai atender a vários municípios, mas de investimentos gerais em infraestrutura para amenizar os impactos ambientais e sociais, principalmente nas áreas de saúde e educação, provocados pela construção das hidrelétricas.

Na ocasião, o diretor do Sindmepa, João Gouveia, membro do CES, que participou da  referida reunião, destacou que o Conselho deliberou pela construção o hospital devido à falta de atendimento na alta complexidade na região. Além da reunião do CES, o diretor do Sindmepa participou ainda de audiência com a prefeita Eliene Nunes, onde foram tratados na época  assuntos relacionados à Atenção Primária e a Urgência e Emergência no município.

O Hospital Regional do Tapajós em Itaituba irá atender uma demanda de 240.165 habitantes que integram os  municípios de Novo Progresso, Trairão, Jacareacanga, Aveiro e Rurópolis, além de Itaituba, cidade polo da região. A previsão é de 140 leitos para atendimentos de alta complexidade nas áreas de Clínica médica, Clínica Cirúrgica, Clínica Pediátrica e Obstetrícia, Traumato-ortopedia e outras especialidades. A área de abrangência do HRT será de 12.789,90 m² com edificação de  16.720 m².


Nenhum comentário:

Postar um comentário