terça-feira, 23 de abril de 2013

Fiscais da Semmap participam de treinamento de mergulho técnico


                     Tony Uchôa e o fotógrafo Atty Click

O instrutor Tony Uchôa é o único mergulhador profissional no Pará que participou de capacitação em vários níveis de mergulho técnico, tanto fluvial quanto oceânico, no litoral de Pernambuco. Ele está qualificado para mergulhar em profundidades médias, de 45 a 70 metros, independente do grau de visibilidade. O equipamento utilizado é moderno e obedece a todas as exigências das Normas Internacionais de Segurança. É preparado para mergulho em áreas livres, cavernas e zonas de afloramento de rochas, características bastante comuns na região do rio Tapajós.


O local escolhido para a primeira aula foi o porto de Itaituba, até por uma questão de lógica. O público alvo são os fiscais da Secretaria de Meio Ambiente, que constantemente recebem denúncias de agressão ao rio, provocada por pessoas que atiram todo tipo de objeto nas águas. E não demora muito para as imagens comprovarem o que muita gente sabe, muito comenta, mas pouco faz para combater o problema. Latas de cerveja e outros tipos de resíduos foram encontrados bem perto do cais, em uma comprovação de que o Tapajós está sendo usado como lixeira.

Foi a primeira parte de um treinamento que vai se repetir sempre que necessário. É uma parceria que a Secretaria está firmando com o instrutor de mergulho, que se responsabilizou em repassar aos fiscais o conhecimento necessário para que eles possam fazer visitas periódicas ao fundo do rio e combater um problema que vem acontecendo há décadas sem que haja nenhuma estratégia de combate.

A próxima etapa será um mergulho em áreas mais afastadas do cais, próximo à ilha do Papagaio, onde há relatos de que um artefato histórico caiu de um barco há mais de cem anos. É quando serão aplicadas técnicas mais avançadas, já que a profundidade neste local pode chegar a 40 metros, e os mergulhadores vão precisar de mais conhecimento para enfrentar o desafio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário