sexta-feira, 12 de abril de 2013

Criança de 2 anos morre eletrocutada em Itaituba


Uma criança de apenas dois anos de idade morreu vítima de choque elétrico na tarde da última quinta-feira (10) em Itaituba, Oeste do Estado. O fato ocorreu na residência de nº 1416 da 25ª Rua, bairro do Bom Remédio. Segundo informes coletados com vizinhos, a criança teria encostado acidentalmente a parte frontal da cabeça em um portão que estava energizado.


Um arame foi utilizado pelo proprietário da casa ao lado, identificado pelo pré-nome Antônio, que foi detido pela polícia e autuado por homicídio culposo (quando não há intenção de matar) pela equipe do delegado José Dias Bezerra. Antônio foi recolhido à cela temporária da 19ª Seccional de Polícia e só sairia sob fiança arbitrada pelo delegado, que, segundo ele, está amparado pela lei que deixa ao encargo da autoridade policial essa decisão quando a pena prevista pelo crime praticado é igual ou inferior a 4 anos de prisão.

Detalhes – O corpo da criança, que morreu ao dar entrada no setor de urgência e emergência do Pronto Socorro Municipal (PSM/HMI), foi submetido a exame cadavérico e liberado para a família. O velório aconteceu na residência de parentes, localizada na 14ª Rua, entre 15 de Agosto e Justo Chermont, bairro Bela Vista. Consternada por conta da tragédia, a mãe da criança relatou que, na tarde de quinta-feira, o menino havia acabado de tomar banho e almoçar e estava em casa, quando pediu à mãe para sair pra brincar. “Eu não quis deixar. Ele chorou e insistiu. Você sabe como é mãe... Eu acabei deixando que meu filho saísse e só vi depois, quando ele estava lá, caído. É triste pra uma mãe ver uma cena dessas. Se eu não tivesse deixado ele sair, meu filho estava comigo, vivo”, disse a genitora da criança, em prantos.
(Mauro Torres)

Nenhum comentário:

Postar um comentário