sábado, 30 de março de 2013

Celpa vai adotar novo padrão de ligação de energia elétrica

Padrão será implantado primeiramente para novos clientes Pará 

A companhia Centrais Elétricas do Pará (Celpa) vai adotar um novo padrão de ligação de energia elétrica no estado que vai substituir o famoso "olhão", aparelho que fica instalado nos postes de energia. Mas o novo modelo de verificação do consumo de energia elétrica deverá ser implantado gradativamente.

A implementação do sistema vai começar pelos novos clientes, aqueles que ainda não estão ligados à rede. Mas a medida tem um lado negativo, quem vai pagar essa conta é o consumidor. São eles que deverão arcar com os custos da compra e da instalação do padrão de medição nas residências.


Para facilitar o controle do consumo de energia nas casas, a partir de maio os medidores serão instalados em caixas individuais, fixadas nos limites das propriedades das residências, em postes, na mureta ou na própria parede da casa. Quem vai arcar com os custos do novo sistema é o consumidor, que terá que comprar a caixa e custear o serviço elétrico para receber o medidor.

O diretor comercial da Celpa, Augusto Dantas, explica o objetivo do novo padrão. "A gente quer que as novas ligações sejam feitas mais rápidas, logo na primeira visita, por isso nós estamos capacitando as lojas de materiais de construção, novos eletricistas, e facilitar o cliente para que ele acompanhe o seu consumo diário", diz.

Para as residências que já possuem ligação de energia elétrica, ainda não há prazo para que o novo padrão seja implementado. Neste caso, a troca dos medidores será feita sem custo para o cliente até o final da vida útil do aparelho.

A assessoria de imprensa da Celpa não soube informar o valor do padrão de medição (uma espécie de caixa onde fica o medidor), nem dos equipamentos elétricos necessários e do serviço de instalação. Os consumidores que não quiserem adotar o padrão, a orientação é buscar o Procon ou o Ministério Público. A companhia afirma que está amparada pelo regulamento da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

A partir do próximo mês (maio), o medidor estará à venda em lojas de material elétrico em diversos pontos do território paraense. Por enquanto, a adoção do novo aparelho vale apenas para os novos consumidores.
Fonte: G1 PA

Nenhum comentário:

Postar um comentário