sexta-feira, 22 de março de 2013

BR-163 será concluída no máximo até 2014, diz Dnit


O diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), General Jorge Fraxe, foi questionado ontem, durante audiência pública na Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) do Senado, sobre os prazos previstos para a conclusão das obras da BR-163. 'De Rurópolis a Santarém temos 40 quilômetros por fazer, de 80 da meta. Vamos fazer um RCD (Regime de Contratação Diferenciada) e fazer o possível para entregar em 2014. Este é um empreendimento que quero ir de Cuiabá até o porto de Santarém ainda no primeiro semestre de 2014', disse Fraxe.


Para que a obra seja executada mesmo no período chuvoso, o DNIT irá utilizar técnica de túneis móveis, espécie de coberturas que mantém as condições para a realização das obras e já está em plena execução em outros empreendimentos, inclusive na região amazônica.

A rodovia BR-155 também estava na pauta da audiência. A ex-rodovia estadual Paulo Fontelles ou PA-150, liga Redenção à Marabá, tem 344 quilômetros de cumprimento. Ela foi federalizada em 2010. o senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) lembrou que trata-se de uma via considerada espinha dorsal porque corta o Pará de norte a sul. 'Houve licitação para recuperar o rodovia, mas a execução de sua parte federalizada parece estar distante', lamentou Flexa Ribeiro, pedindo providências do DNit.

Em resposta, Fraxe deu boas informações, informando que mandou uma equipe do Dnit verificar o cenário e garantiu que o processo está em andamento. 'Em 30 dias sai o primeiro lote do projeto pronto e vamos lançar a licitação na sequência. A antiga licitação é mal fadada e vou jogar fora. Vamos licitar de novo em 30 dias. E esperamos começar os serviços de execução em 90 dias', garantiu o general Fraxe.
Fonte: O Liberal

Nenhum comentário:

Postar um comentário