quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

‘Vovó do crime’ finge de morta para evitar ser linchada

Idosa é acusada de ter assaltado residência durante a madrugada

Uma cena incomum chamou a atenção de vários curiosos na Travessa Antônio Baena, esquina com a Avenida Marquês de Herval, bairro da Pedreira, em Belém. Nesta Quarta-feira de Cinzas (13) uma idosa se fingiu de morta para não ser espancada pela população.

Segundo moradores do local, a ‘Vovó do Crime’, como é conhecida, entrou na casa de uma família nesta madrugada e de lá roubou um aparelho de medir pressão arterial, uma caneta para aplicação de insulina, dinheiro, toalhas, roupas, dentre outros objetos. ‘É uma pilantra, vive roubando as coisas de todo mundo. A gente não pode deixar nem roupa pendurada pra secar que ela vem e leva. Uma mulher dessa não pode ficar solta’, disse Dulce Santos, uma das vítimas.

Revoltados, moradores partiram para cima da idosa para tentar espancá-la. A acusada, deitada em plena rua molhada, fingia, segundo moradores, estar desacordada. A confusão só acalmou com a chegada de uma viatura da Polícia Militar.

‘Nós chamamos o Samu e ela vai ser encaminhada para o Pronto Socorro. Lá vai ser ouvida e autuada pela Polícia Civil’, justificou o sargento Nogueira, PM do 1º Batalhão da 2ª Companhia.

Ainda de acordo com o policial, a idosa já é conhecida na área por assaltos e também tráfico de drogas.
Fonte: Portal ORM

Nenhum comentário:

Postar um comentário