sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Crime com características de execução na 1ª Rua da Bela Vista

Alex foi morto em frente de casa

Alessandro Araújo Lira, conhecido por “Alex”, foi morto em frente à casa dele atingido por três disparos de arma de fogo. O crime teria sido praticado por um homem que estava na garupa de uma moto. Ainda abalada pelo que aconteceu, Enila Araújo, de 49 anos, mãe de “Alex”, relata como aconteceu o assassinato do filho.

“Ele já estava deitado; me disse que ia dormir. Mas depois passaram de moto e um homem chamou ele. O ‘Alex’ disse que ia lá fora fumar um cigarro e ficou ali, sentado. Depois, eu ouvi a moto voltando e escutei o primeiro tiro. Saí correndo e deparei com meu filho, já caindo. Foi quando o homem atirou de novo e saiu em disparada. Meu filho morreu aí mesmo”, diz a mãe, apontando para o local onde o filho tombou.

Alex foi morto em frente de casa
O crime aconteceu por volta de 1h da madrugada desta sexta-feira e, em poucos minutos, mobilizou a força policial militar, que designou uma equipe para cuidar do caso. Homens do Serviço Reservado iniciaram as investigações e descobriram que o autor do homicídio seria um homem conhecido por “Arlyson”, que tem parentes próximo ao local onde aconteceu o homicídio.

Até o final da manhã de hoje, o acusado ainda não havia sido localizado, mas já existem pistas que podem levar à sua localização. Alessandro tinha 29 anos de idade e morava junto com a mãe e a irmã na 1ª Rua do bairro da Bela Vista. O homem tinha várias profissões, incluindo carpinteiro, pedreiro e eletricista. Mas, por infelicidade, acabou se envolvendo no consumo de drogas.

Agora, a polícia investiga se este fato tem relação com a morte do rapaz. Crimes motivados pelo tráfico já se tornaram comuns em Itaituba. A maioria deles é por conta de dívidas contraídas junto aos traficantes. Apesar do intenso combate ao tráfico imposto pela Polícia Militar, esta modalidade de crime tem crescido na região e acaba deixando famílias chorando perdas, como é o caso da dona Enila, que foi surpreendida pela morte precoce do filho.

(Mauro Torres)

Nenhum comentário:

Postar um comentário